NUMA torna público deferimento de candidaturas para Processo Eleitoral

A Comissão Eleitoral, no uso de suas atribuições conferidas pela Congregação do Núcleo de Meio Ambiente (NUMA) da Universidade Federal do Pará (UFPA), com base no Regulamento do Processo Eleitoral e na RETIFICAÇÃO Nº 01/2017, de 10 de abril de 2017 do EDITAL Nº 01/2017, de 30/03/2017, referentes ao processo eleitoral destinado à escolha do Diretor Geral e do Diretor Adjunto do NUMA, para o quadriênio 2017-2021, torna público o deferimento das candidaturas inscritas:

CANDIDATURAS INSCRITAS

CANDIDATOS

STATUS

Chapa: Sérgio Cardoso de Moraes (Diretor Geral) e,

             Gilberto de Miranda Rocha (Diretor Adjunto).

 Deferida

Edital do Processo Eleitoral é retificado

A Comissão Eleitoral, no uso de suas atribuições conferidas pela Congregação do Núcleo de Meio Ambiente (NUMA) da Universidade Federal do Pará (UFPA), com base no Regulamento do Processo Eleitoral, torna pública a retificação do EDITAL Nº 01/2017, de 30/03/2017, referente ao processo eleitoral destinado à escolha do Diretor Geral e do Diretor Adjunto do NUMA, para o quadriênio 2017-2021.

A retificação altera o prazo final da inscrição das chapas, que passa a ser até às 17 horas do dia 17 de abril de 2017. Já o deferimento do requerimento das candidaturas inscritas será feito pela Comissão Eleitoral, a qual divulgará a relação dos candidatos até às 12h do dia 18 de abril de 2017, por intermédio do site do NUMA.

Confira a retificação completa aqui.

Sobre o edital - A Comissão Eleitoral, no uso de suas atribuições conferidas pela Congregação do Núcleo de Meio Ambiente (NUMA) da Universidade Federal do Pará (UFPA), com base no Regulamento do Processo Eleitoral, torna público o edital sobre o processo destinado à escolha do Diretor Geral e do Diretor Adjunto do NUMA, para o quadriênio 2017-2021. A eleição está prevista para ocorrer no dia 19 de abril, de 9h às 18h.

Inscrições - Poderão se candidatar a Diretor Geral e Diretor Adjunto, docentes efetivos com titulação mínima de Doutor, lotados no NUMA, conforme disposto no art. 89 do Regimento Geral da UFPA. A inscrição deverá ser feita por chapa, com a indicação conjunta dos candidatos a Diretor Geral e Diretor Adjunto em requerimento próprio, assinado por ambos os candidatos, endereçado à Comissão Eleitoral e protocolado na Secretaria Executiva do NUMA, localizado na Cidade Universitária Prof. José da Silveira Netto, Campus Profissional, à Rua Augusto Corrêa, 1, Bairro Guamá, Belém - PA. O documento deve estar devidamente instruído com o resumo do Currículo ou documento que comprove a titulação e, do respectivo plano de trabalho.

O período de inscrição já está aberto e segue até às 17h do dia 14 de abril de 2017, de acordo com o horário local. O deferimento do requerimento das candidaturas inscritas será feito pela Comissão Eleitoral, que divulgará a relação dos candidatos até às 12h do dia 17 de abril de 2017, no site do NUMA.

Processo eleitoral - A eleição ocorrerá dia 19 de abril de 2017, quarta-feira, das 9h às 18h, de acordo com o horário local, em seção eleitoral localizada na Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia (PPGEDAM), do Núcleo.

Estão aptos para votar os docentes, efetivos e temporários, lotados no NUMA; Os docentes permanentes do PPGEDAM; Os servidores técnico-administrativos, lotados no NUMA; Os discentes do PPGEDAM, desde que regularmente matriculados; Os servidores legalmente afastados da instituição por motivo de licença para tratamento de saúde, licença-maternidade, licença-prêmio e qualificação profissional.

A indicação de fiscais pelos candidatos à Comissão Eleitoral será realizada no dia 18 de abril 2017, no horário de 9h às 12h, como também a retirada de suas credenciais, no horário de 14h às 16h. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Eleitoral.

Confira o edital completo aqui.

NUMA contribui na elaboração do ZEE de Roraima

O Núcleo de Meio Ambiente da Universidade Federal do Pará (NUMA/UFPA) está contribuindo para a elaboração do Zoneamento Ecológico-Econômico de Roraima (ZEE-RR). Entre os dias 21 e 28 de março, os municípios de Boa Vista, Caroebe, Rorainópolis, Caracaraí e Bonfim (Região de fronteira Brasil/Guiana) receberam a visita do professor Dr. Otávio do Canto que participou de reuniões para discutir a elaboração do ZEE.

Na zona de fronteira com a Venezuela, o professor Canto participou de atividades no Instituto Federal (IF) de Amajari e na Universidade Virtual de Roraima-Pólo Pacaraima, com a presença de políticos, professores, secretários, empresários e da sociedade civil.

ZEE - O Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE), instrumento da Política Nacional do Meio Ambiente regulamentado pelo decreto nº 4.297/2002, tem sido utilizado pelo poder público com projetos realizados em diversas escalas de trabalho e em frações do território nacional. O objetivo é viabilizar o desenvolvimento sustentável a partir da compatibilização do desenvolvimento socioeconômico com a proteção ambiental.

Nesse sentido, a participação do NUMA na criação do ZEE-RR demonstra a importância do Núcleo para além das fronteiras do estado e do país. Além disso, o assunto está diretamente atrelado às disciplinas ofertadas pelos programas de pós-graduação do NUMA, o PPGEDAM e o PROFIMA.

Foto: Arquivo Pessoal

Professor do NUMA concede entrevista para jornal O Liberal

A arborização urbana foi tema da reportagem publicada no jornal "O Liberal" do último domingo, 02, que contou com a colaboração do Professor Doutor Rodolpho Zahluth Bastos, docente do NUMA. O artigo abordou os problemas na distribuição de árvores na cidade de Belém.

Confira a matéria completa aqui.

Estudante italiana inicia intercâmbio no NUMA

A estudante Martina Iorio, da Universidade de Roma Tre, estará durante seis meses no Núcleo de Meio Ambiente da UFPA como visitante. A Italiana irá atuar no projeto "AguaSociAL", coordenado pelo professor Dr. Gilberto Rocha, que tem como um dos membros o European IRSES, na qual sua instituição faz parte.

A colaboração da estudante com o NUMA está ligada às pesquisas desenvolvidas por ela, que se referem, principalmente, ao desenvolvimento e a hidroeletricidade. Atualmente, Martina está focando seus estudos na coleta de dados sobre Microenergia, a fim de executar modelos econométricos adequados. O objetivo é auxiliar no desenvolvimentos de políticas energéticas, especialmente nas área rurais da Amazônia Legal, minimizando o impacto ambiental e social.

Academia - Martina faz parte do departamento de Economia do Desenvolvimento e do Meio-ambiente e relações internacionais, da Universidade de Roma, onde estuda o PhD. Antes de iniciar seus estudos na instituição, a estudante formou-se como Mestre pelo Programa de Ciência em Economia. Sua tese foi escrita em 2014, enquanto já trabalhava na UFPA pelo projeto "AguaSociAL". Em 2015, atuou como estagiária na Universidade Leeds Beckett, do Reino Unido, além de participar do programa de pós-graduação no "European Marine Strategy", da Universidade de Ferrara, na Itália.

AguaSociAL -  O projeto, financiado pela União Europeia (FP7 – IRSES), tem como função desenvolver a capacitação para minimizar as vulnerabilidades das comunidades costeiras no enfrentamento aos fenômenos meteorológicos extremos e as mudanças climáticas. O "AguaSociAL" é uma mobilidade acadêmica entre a Universidade Federal do Pará, a Universidade do estado do Amazonas, a Universidade Roma Tre (Italia), a Universidade de Leeds (Inglaterra) e a Universidade Autonoma de Barcelona (Espanha), com vistas a desenvolver atividades nas área de uso dos recursos hídricos. Estão envolvidos no projeto alunos de graduação, mestrado profissionalizante e doutorado. 

 

Número de visitantes: